PortugueseEnglishSpanishArabic

Por que sua empresa deveria exportar cosméticos para a Indonésia?

Se a sua empresa fabrica cosméticos e tem o objetivo de expandir sua atuação por meio de exportações, existe um país para o qual você deveria voltar a sua atenção: a Indonésia. Com mais de 260 milhões de habitantes, o país de maior população muçulmana do mundo é o terceiro maior mercado de produtos de beleza na Ásia.

Sabendo disso, trouxemos, neste artigo, as informações de que você necessita para saber mais sobre os benefícios e procedimentos referentes à exportação de cosméticos para esse país. Confira!

Entenda o cenário da Indonésia

Como vimos, a Indonésia, assim como outros países da Ásia, tem apresentado um grande potencial de crescimento para empresas de cosméticos. Não à toa, cada vez mais grandes empresas do setor têm começado a exportar para esse país ou aberto novas unidades nele.

A Indonésia apresenta outro fenômeno importante: a crescente base de consumidores muçulmanos, um dos motivos pelos quais muitas empresas têm promovido o rótulo Halal nos seus produtos.

Outra razão é a mudança na legislação vigente: a Lei nº 33/2014, que entrará em vigência até o final de 2019, determina que todos os produtos alimentícios, farmacêuticos, bebidas e cosméticos apresentem certificados Halal.

Isso tudo, aliado ao fato de que esse é o país de maior população muçulmana do mundo, torna a região um local estratégico para produtos com a certificação, especialmente cosméticos.

Agora que você já sabe por que o cenário na Indonésia é favorável à exportação de produtos de beleza, entenda melhor o que são os cosméticos Halal.

Saiba mais sobre cosméticos Halal

Primeiramente, é importante entender o significado desse conceito. Halal significa lícito, autorizado, ou seja, permitido ao consumo humano. Muito mais do que um simples termo, é considerado, na religião islâmica, um código ético e moral, que reforça valores, incluindo regras de conduta, comportamentos, alimentação, bens de consumo e serviços.

Os cosméticos com a certificação Halal são produtos que não contêm componentes proibidos (Haram), como o álcool e os ingredientes de origem animal ilícitos, tais como colágeno, glicerina e outros que são amplamente utilizados em produtos desse tipo.

São feitos com matérias-primas vegetais, minerais e até mesmo sintéticas que desempenham as mesmas funções dos insumos proibidos, mas com o diferencial de que são consideradas puras e próprias para consumo. Além disso, contam com o selo que atesta que, de fato, são Halal. Se você deseja saber mais sobre como obtê-lo, continue a leitura.

Como exportar para a Indonésia

Além de estudar a fundo o mercado de cosméticos na Indonésia, para iniciar suas exportações para esse país, é necessário que sua empresa já tenha obtido a certificação Halal. Para isso, é necessário buscar uma instituição certificadora, mas é fundamental que ela seja reconhecida mundialmente. 

Após encontrar a melhor instituição certificadora, você deverá entrar em contato com ela para saber como funciona todo o processo e formalizar a sua solicitação. Depois disso, vários aspectos de sua empresa serão analisados, como os processos de produção, as matérias-primas utilizadas e até mesmo sua conduta. 

Ao final do processo, um Comitê de Certificação vai analisar todas as informações fornecidas e, após a aprovação, será emitido o seu certificado. Com ele, você poderá começar a exportar seus cosméticos para a Indonésia e explorar todas as oportunidades que esse mercado em ascensão tem a oferecer.E então, o que achou de saber mais sobre os motivos para exportar cosméticos Halal para a Indonésia? Para saber mais sobre a certificação, acesse esta página.

Confira também

A CDIAL

A empresa tem como missão oferecer ao consumidor muçulmano produtos Halal, sendo reconhecida mundialmente como uma empresa de excelência na certificação de alimentos Halal e abate de animais, gerando sempre oportunidades de negócios e de valor, compartilhadas com a sociedade brasileira.

Contato