PortugueseEnglishSpanishArabic

Como exportar mais e aumentar sua competitividade no exterior

Sua empresa já exporta produtos para outros países? As exportações são uma excelente opção para empresas que já estão bem estabelecidas no país e desejam expandir sua atuação, diversificando negócios e adentrando novos mercados. Mas, afinal, como é possível conseguir exportar mais e ser competitivo no exterior?

Se você deseja se aprofundar no assunto, está no lugar certo. Continue a leitura e fique por dentro de nossas dicas.

1. Inclua as exportações em seu planejamento

Para que você tenha uma estratégia de sucesso, é necessário que a internacionalização seja parte da cultura de seu negócio, e não apenas uma tática isolada. Dessa forma, ela deve ser inserida no planejamento estratégico, o que garantirá uma visão multidepartamental das exportações.

2. Entenda as peculiaridades dos países

Muito mais do que conhecer o público para o qual você exporta, é preciso compreender a cultura de cada país, o momento pelo qual estão passando, mudanças em suas legislações e todos os fatores que podem afetar sua operação, gerando possíveis oportunidades ou ameaças.

3. Atualize-se sobre as leis vigentes

Não apenas no Brasil, mas em todo o mundo, as leis relacionadas ao comércio exterior estão sempre se atualizando. Dependendo das mudanças, portas podem se abrir e outros negócios podem ser inviabilizados. Dessa forma, é preciso estar atento à legislação e às normas de cada país para identificar riscos e oportunidades e reagir rapidamente.

4. Informe-se sobre países que têm acordo com o Brasil

O comércio entre países que contam com acordos comerciais é muito vantajoso, tanto para quem exporta quanto para os importadores. Isso porque esses acordos podem permitir que haja condições especiais ou isenção do imposto para quem adquire os produtos, o que amplia o acesso do exportador ao mercado exterior.

Sabendo disso, busque conhecer esses acordos e esteja sempre atualizado quanto a novas negociações em andamento.

5. Obtenha a certificação Halal

Atualmente, cerca de 25% da população mundial é muçulmana e só consome produtos Halal. Mas, afinal, o que é certificação Halal? Trata-se do processo em que uma organização islâmica reconhecida certifica a aptidão das empresas em utilizar procedimentos específicos e matérias-primas autorizadas pelo Islã, tornando os seus produtos permitidos ao consumo de muçulmanos.

Com ela, você poderá começar a exportar para diversos países islâmicos. Além disso, ela será uma vantagem competitiva, afinal, os produtos com esse selo são muito mais valorizados em alguns países — mesmo por quem não é muçulmano. Com os consumidores cada dia mais exigentes, produtos com qualidade certificada estão ganhando cada vez mais destaque.

A certificação abrirá novos horizontes para a sua empresa, que poderá alcançar muito mais clientes ao redor do mundo.

O comércio exterior está em constante transformação. Isso requer das empresas uma necessidade de atualização contínua sobre as legislações e normas de cada país para que consigam exportar cada vez mais. Também é preciso se atentar às exigências de mercados que se pretende atingir, como a certificação Halal, solicitada em países muçulmanos. Com ela, muitas portas se abrirão para a sua empresa.E então, o que achou do artigo? Este conteúdo foi útil para você? Se desejar saber mais sobre as vantagens da certificação Halal, clique aqui.

Confira também

A CDIAL

A empresa tem como missão oferecer ao consumidor muçulmano produtos Halal, sendo reconhecida mundialmente como uma empresa de excelência na certificação de alimentos Halal e abate de animais, gerando sempre oportunidades de negócios e de valor, compartilhadas com a sociedade brasileira.

Contato